h1

Sobre a imprensa que o Lula critica (com razão!)

outubro 27, 2009

O objeto de estudo de hoje:

Funcionários públicos, categoria que com Lula já alcança quase 5% do PIB em despesas, são dispensados para doar sangue. O mortal, não.

A nota “A vida é bela” foi publicada no dia 27.10.2009 por Cláudio Humberto, do Jornal do Commercio.

No entanto, como o prezado professor de Métodos e Técnicas de Pesquisa afirmava:

Far-se-á necessário confirmar as informações antes de divulgá-las…

Ao que me parece, Humberto saltou tal etapa, pois conforme a Lei 1075/1950, promulgada por Eurico Gaspar Dutra:

Art. 3º O doador voluntário, que não for servidor público civil ou militar, nem de autarquia, será incluído, em igualdade de condições exigidas em lei, entre os que prestam serviços relevantes à sociedade e à Pátria.

Tsc tsc tsc. Tampouco a equipe do Humberto percebeu o deslize…

Fica o convite para uma retificação. Pela lei (art. 473, al. IV da CLT), o trabalhador que doa sangue está dispensado do trabalho, uma vez ao ano, para realizar a coleta.

2 comentários

  1. Onde na lei está escrito que é uma vez ao ano? Criticar os outros por não buscar informações e cometer o mesmo erro, é ainda mais grave.


  2. Gabriel, obrigado por sua observação. O artigo na CLT que especifica o direito de ausentar-se uma vez ao ano do trabalho para doação voluntária de sangue foi incluído no post.



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: