h1

O Estado de Guerra

março 20, 2009

1984

“O essencial da guerra é a destruição, não necessariamente de vidas humanas, mas dos produtos do trabalho humano.A guerra é um meio de despedaçar, ou de libertar na estratosfera, ou de afundar nas profundezas do mar, materiais que doutra forma teriam de ser usados para tornar as massas demasiado confortáveis e portanto, com o passar do tempo, inteligentes.

Mesmo quando as armas de guerra não são destruídas, sua manufatura ainda é um modo conveniente de gastar mão-de-obra sem produzir nada que se possa consumir.

Em princípio o esforço bélico é sempre planejado de maneira a consumir qualquer excesso que possa existir depois de satisfeitas as necessidades mínimas da população.

A guerra não apenas realiza a necessária destruição como a efetua de maneira psicologicamente aceitável. Em princípio, seria bastante simples gastar o excesso de mão-de-obra construindo templos e pirâmides, cavando buracos e tornando a enchê-los, ou mesmo produzindo grandes quantidades de mercadorias e queimando-as.  Mas isso só daria a base econômica, mas não a emocional, de uma sociedade hierárquica.

O que importa é que possa existir o estado de guerra.”

Já dizia WALTZ:

“O bem-estar da população mundial só pode aumentar na medida em que a produção aumente e isso só acontece quando há paz”.

Palavras que justamente confirmam a ficção.

Ora, não digo que não restam mais dúvidas quanto às desventuras da guerra. O mais relevante, acredito eu, é que a partir da leitura deste trecho, as dúvidas são direcionadas ao cerne da questão.

O texto é da autoria de George Orwell, a obra intitulada 1984 (curiosamente, é do ano de 1948…).

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: